jusbrasil.com.br
24 de Novembro de 2020

Agravo de instrumento

Modelo Peticao, Estudante de Direito
Publicado por Modelo Peticao
há 3 meses

O agravo de instrumento é a forma para que a parte possa obter o reexame da decisão interlocutória a ele contraria desde que presente risco de lesão grave e de difícil reparação.

Como o agravo de instrumento e um recurso de segundo grau interposto diretamente perante o tribunal competente , mediante petição escrita com exposição de fato e de direito , as razões do pedido de reforma da decisão e o nome e endereço dos advogados , constantes no processo.

É a solução utilizada para lutar contra decisões interlocutórias, ou seja, decisões que o juiz toma no âmbito de um processo que não conduz à resolução da matéria de fundo do litígio.

Mesmo que não seja tomada qualquer decisão, as decisões que um juiz toma durante um caso têm um grande efeito sobre o seu desfecho.

Seja uma questão de assegurar uma proteção provisória, de definir os méritos ou de admitir terceiros, as escolhas podem ser tão relevantes como o próprio julgamento.

Semelhantemente, uma tomada de decisão sem uma avaliação completa do todo ou de forma precoce pode causar grande prejuízo a um das partes num caso. Tais danos são susceptíveis de modificar radicalmente o curso da batalha legal.

Modelo de agravo de instrumento

Se você esta procurando modelo de agravo de instrumento novo cpc ou modelo de agravo de instrumento trabalhista em primeiríssimo lugar, é importante salientar alguns aspectos sobre as modificações significativas no agravo de instrumento com o novo Código de Processo Civil.

Confira matéria completa no nosso blog !!

1 Comentário

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

É possível apresentar agravo de instrumento em relação a um processo trabalhista que foi decidido em primeira instância, mas porém a sentença do juíz de primeira instância está em "contra mão" com as provas as quais o reclamante possui em mãos?

Saliento que o reclamante também possui em seus poderes, provas de que lutou incessantemente para que a verdade fosse levada ao tribunal de primeira instância, porém está evidente que foi boicotado pelo próprio advogado que se dizia estar o defendendo. continuar lendo